segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Um estranho na janela

. segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

A mamãe espetou o seu dedo com a agulha que estava costurando, quando pulou de susto ao ouvir um barulho de batida na janela. O mesmo barulho fez com que Jane batesse na torre que estava construindo com seus blocos.

- Que foi isto? – disse Jane pulando e arregalando os olhos.

Havia uma porção de penas na janela. A mamãe e Jane foram até a janela e olharam para fora. Lá estava um pássaro de peito amarelo (use o nome de um pássaro conhecido, como Bem-te-vi) caído na grama, bem embaixo da janela.

- Oh! – exclamou Jane, e saiu correndo pela porta. Gentilmente ela pegou o pássaro que estava mole. Ele não se movia. O passarinho havia batido no vidro da janela.

- Ele está morto, mãe. Seu coração ainda está batendo. Pegue depressa, será que pode fazer alguma coisa por ele?

A mamãe pegou o passarinho (Bem-te-vi) em suas mãos. Ele abriu um dos olhos e se acomodou nas mãos da mamãe de Jane. As duas, mamãe e Jane, voltaram para dentro de casa. Jane foi procurar uma caixa grande e um pedaço de pano fofinho para colocar dentro. Depois colocaram o pássaro (Bem-te-vi) dentro da caixa. Tudo o que faziam parecia não interessar ao pequeno pássaro. Ele não queria comida. Elas tentaram dar um pouco de água com um conta-gotas, mas parecia que ele não conseguia engolir.

- Mamãe – disse Jane bem baixinho, depois de algum tempo em silêncio – eu fiz uma oração pedindo pelo Bem-te-vi. Você sabe que Jesus cuida dos pardais, e isto quer dizer que Ele também cuida destes Bem-te-vis, não é mesmo?

- Sim, querida, e Jesus gosta de ver que cuidamos de Suas criaturas – respondeu a mamãe com um sorriso.

O passarinho não melhorava, e a mamãe começou a pensar que ele havia batido com tanta força na janela que não poderia sarar.

Jane não dizia nenhuma palavra. Mais tarde se notou uma pequena movimentação dentro da caixa. Mamãe e Jane ouviram um “tiu-tiu” muito fraco, o que fez com que corressem para a caixa. Olharam para dentro e Jane exclamou:

- Mamãe, parece que ele está melhor!

Realmente, o pássaro parecia estar um pouco melhor, mas ainda continuava sem querer comida. Antes de ir para a cama aquela noite, a mamãe disse:

- Como seria maravilhoso se o pássaro Bem-te-vi estivesse melhor amanhã cedo, assim eu poderia mostrá-lo para as crianças da escola, aquelas bem pequenas! Então elas poderiam ver o passarinho voar novamente!

Na manhã seguinte Jane e sua mãe estavam lavando louça na cozinha, quando ouviram alguns “tiu, tiu” vindos da caixa. Parece que o Bem-te-vi estava respondendo aos chamados dos outros Bem-te-vis lá nas árvores.

Quando as crianças chegaram para as aulas do jardim de infância, a mamãe pegou o pássaro (tipo) e foi encontrar as crianças na porta. Contou como tinham encontrado o pássaro ferido. Todas olharam com muita atenção e interesse quando o pássaro foi colocado em cima da grama. Primeiro ele afofou sua penas, depois olhou de um lado para outro. Então de repente ele bateu suas asas e saiu voando pelo ar. Voou direto para a árvore mais próxima.

- Tchal, Bem-te-vi, tchal! Gritavam as crianças. Estamos contentes por você poder voar novamente. Depois todas entraram em casa para ter sua lição.

Jane ficou mais um pouco do lado de fora, e bem baixinho ela disse: “Muito obrigado, querido Jesus, porque Você cuidou do Bem-te-vi fazendo com que ele ficasse bom outra vez. Também lhe agradeço, porque Você me ama e cuida de mim”.

O que Jesus disse para Adão e Eva fazer para todos os animais no Jardim do Éden? (Cuidar deles) Jane estava obedecendo a Jesus quando cuidou do Bem-te-vi! (Sim). Quem cuida de vocês? (Os pais). Vocês querem dizer “Muito Obrigado” a Jesus por nos amar e por nos ter dado todos os animais e pássaros para cuidarmos? Vocês querem dizer “Muito Obrigado” pelos seus pais?

0 comentários:

 
Namablogkamu is proudly powered by Blogger.com | Template by o-om.com